Seja bem vindo! Gostou? Compartilhe!

Bem-vindo ao nosso Site! Você também pode se cadastrar e receber todas as nossas atualizações no seu e-mail: Dicas de saúde, do dia a dia, vídeos...

Compartilhe

Nos siga por e-mail

Últimas publicações

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Consumo de vegetais verdes melhora defesa imunológica, indica estudo


Pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, encontraram mais um motivo para acrescentarmos vegetais à nossa dieta. De acordo com um estudo publicado no periódico Cell, os vegetais verdes ajudam a fortalecer o sistema imunológico, pois garantem que as células imunes do intestino e da pele, conhecidas como intraepiteliais, funcionem corretamente.
1165337 91419196 300x225 Consumo de vegetais verdes melhora defesa imunológica, indica estudoPara chegar aos resultados, o autor do estudo, Marc Veldhoen, alterou a dieta de modelos animais para uma pobre em vegetais. Após um período de duas a três semanas, as células protetoras haviam diminuído em 70% a 80%.
Os protetores intraepiteliais linfócitos existem como uma rede debaixo da barreira de células epiteliais que cobrem superfícies do corpo interior e exterior, onde são importantes como uma primeira linha de defesa e no reparo de feridas.
O número de linfócitos intraepiteliais depende dos níveis de uma proteína da superfície celular chamada de receptor de hidrocarboneto aromático, que pode ser regulada por ingredientes dietéticos encontrados principalmente em vegetais crucíferos, como brócolis, couve-de-bruxelas, repolho ou couve-flor.
Como imunologista, Veldhoen espera que o estudo gere interesse na comunidade médica, já que algumas das características observadas nos ratos são consistentes com aquelas observadas em pacientes com doença inflamatória intestinal. “É tentador extrapolar o estudo para seres humanos. Mas há muitos outros fatores a serem analisados”, avalia.
Ainda assim, os resultados oferecem uma base molecular para a importância de vegetais crucíferos derivados de fitonutrientes como parte de uma dieta saudável. “Para nós, já é uma boa justificativa para se comer mais alimentos verdes”, finaliza.
-
com informações da University of Cambridge

Gostou? Comente aqui ou no nosso Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário