Seja bem vindo! Gostou? Compartilhe!

Bem-vindo ao nosso Site! Você também pode se cadastrar e receber todas as nossas atualizações no seu e-mail: Dicas de saúde, do dia a dia, vídeos...

Compartilhe

Nos siga por e-mail

Últimas publicações

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Como iniciar um diálogo com a adolescente

Mesmo sem falar, a mãe está sempre transmitindo uma mensagem. "Elas me perguntam muito sobre como falar com as filhas. Elas devem escutar e tentar entender o que se passa na cabeça da menina. Digo que usar a linguagem do corpo é a melhor maneira. Acolher não significa concordar, mas abraçar, ouvir, olhar nos olhos, aprovar ou discordar.", conta a ginecologista Albertina Duarte.
Esse ouvir e falar precisam ser treinados. Criticar o tempo todo só destrói a autoimagem positiva da menina. "O fundamental é que a frase comece sempre com 'eu gosto muito de você', 'o que você questiona é muito novo', 'me atrapalho quando falo sobre sexualidade', ou 'não concordo com você'. O movimento corporal, a expressão e mostrar que ama é fundamental, pois vai recuperar o poder do toque, do tato, do afeto", aconselha a médica.
Num diálogo entre a mãe e a adolescente, é preciso:
  • Não mostrar que sabe tudo, não se achar dona da verdade. A prepotência irrita a adolescente;
  • Estar aberta para novas discussões;
  • Mostrar que é passível a mudanças, se convencida de tal;
  • Não ser invasiva;
  • Não ficar discursando, mas ter atitude;
  • Impor regras claras, limites;
  • Evitar comportamentos conflitantes, pois os pais sempre saem perdendo;
  • Saber negociar;
  • Transmitir valores, educar.
Fonte: aspirina

Nenhum comentário:

Postar um comentário